NOCAUTE

Monday, 11 April 2011

HELENINHA VISA GUINESS

Heleninha Paviolongo tornou-se uma referência para amigas e igos. Sente comichões de prazer quando alguém telefona para perguntar sobre os últimos lançamentos no mercado, em particular, os frutos da tecnologia avançada.

- Alô, Heleninha, Artésia. Querida, você já conhece a nova máquina de tirar pó de aspirador de pó?
- Já está na área de serviço, meu amor.
- Funciona?
- Ainda não foi testada, mas, se está interessada, empresto a minha a você para experimentar.
- Isso, nunca! Quem compra tem o direito de inaugurar, segundo o Código do Consumidor.
- Tem certeza de que essa prerrogativa consta na lei?
- Se não incluíram, considero uma falha grave.
- Você sempre à frente, na lutar pelos nossos direitos.
- Nem tanto, meu amor, avant-garde mesmo é você que nos últimos anos vem me derrotando na arte do consumo.
- Falta-lhe, queridinha, um objetivo como o que pretendo atingir esse ano.
- Pode-se saber o que tem em mente?
- Viso, com meu VISA, o Guiness 2011.
- Em que modalidade?
- Uma ideia genial: serei a primeira mulher do mundo a ser expulsa do lar pelos objetos que acumulou.
- Será que entendi direito? Seu plano é preencher todos os ambientes da casa com produtos de modo a não poder mais entrar nela?
- Bingo! Exatamente, fofinha.
- Isso é uma loucura!
- Seria, caso não existisse uma meta, sem a qual o ato de consumir é algo sem sentido, capaz de deixar as pessoas infelizes. Aliás, acho bom você pensar um pouco com a ajuda dessa filosofia.
- É um movimento filosófico?
- Uma escola, Artésia, que vou fundar como objetivo número dois. Prepare-se, vou precisar de boas professoras.
- Heleninha, me diz, você vai morar...
- Com o prêmio do Guiness vou comprar uma mansão.
- É muito dólar na bolsa?
- Ainda não sei, mas a fama sempre vem acompanhada de muito dinheiro.
- Heleninha, meu amor, quanta inveja. Acho que vou aderir a essa escola.
- Uma decisão sensata.
- Você me ajudar a bolar um propósito?
- Ajudo, porém, somente a partir de 2012.
- Combinado, o mundo não vai acabar no próximo ano.
- Claro que não, aquele filme é uma bobagem. Na minha escola, vou promover denúncias contra esse tipo de produto.
- Será que isso dá Guiness?
- O quê?
- Assistir ao maior número de besteiras e fazer o maior número de acusações contra esse consumo?
- Bem capaz, embora muito difícil.
- Por quê?
- Eles lançam muito lixo, você teria que abandonar o emprego e dormir apenas umas duas horas por dia.
- Tantos assim?
- Fabricam e distribuem como tortas de palmito.
- Odeio torta de palmito. Vou pensar noutra coisa. Ciao, Heleninha, e não esqueça de me contar as novidades.
- Ciao, Artésia, lembranças a sua mãe.

Leia mais ...

Pesquise no blog

Loading...

  © Blogger template The Professional Template II by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP